Páginas

24 de mai de 2010

"DIREÇÃO PERIGOSA" CIDADÃO FOGE DE BLITZ E BATE EM VIATURA POLICIAL

Em 24MAI2010, por volta das 10:40 hs, na cidade de Oliveira/MG, a Polícia Militar quando realizava uma Blitz de Transito  na  Avenida Maracanã, centro, onde  os militares efetuaram sinal de parada para a motocicleta HONDA, modelo CG/125 FAN, placa.HHZ7256/Oliveira, cor PRETA, que era conduzida por Leandro Carlos Da Silva, 22 anos vindo o mesmo a reduzir a velocidade fazendo menção que iria parar, e ao aproximar dos militares, acelerou a motocicleta,  aumentando a velocidade, jogando-a contra os militares que se encontravam na pista, momento em que o condutor perdeu o controle direcional do veiculo vindo chocar-se contra a lateral esquerda da Viatura Policial, Fiat  Uno Mille, placa GTM9371/Belo Horizonte, cor Branca, que se encontrava  estacionada no local. Um dos militares teve seu braço esquerdo atingido pela moto vindo a  danificar o relógio de pulso, porém não sofreu nenhum ferimento; Leandro caiu ao solo sofrendo escoriações leves no braço esquerdo e perna direita, sendo o mesmo conduzido ao PAMM para ser medicado; Após ser liberado pelo medico plantonista,  o mesmo foi  preso em flagrante delito por direção perigosa de veículo. A motocicleta  foi   apreendida e lavrado os Autos de Infrações de trânsito pertinentes. Segundo informações de Leandro, o mesmo não parou o veiculo por não possuir a Carteira de Habilitação. A perício técnica foi acionada. A viatura policial sofreu os seuintes danos: Amassamento da porta traseira e dianteira do lado esquerdo; Quebra da maçaneta e fechadura da porta dianteira do lado esquerdo; Quebra do espelho retrovisor do lado direito; danos na caixa de ar abaixo da porta dianteira lado esquerdo. Danos da motocicleta: Quebra do farol; Quebra da seta do lado direito dianteira; Quebra do pára-lama dianteiro; Amassamento da pedaleira; Arranhão do pára-lama traseiro; Arranhão seta traseira lado direito. Leandro perante as testemunhas, se comprometeu a ressarci os danos causados na  viatura policial.

Nenhum comentário: