Páginas

27 de jan de 2010

PMMG DURANTE AÇÃO CONJUNTA APREENDE QUASE DOIS KG DE CRACK EM OLIVEIRA/MG

Na data de 27/01/2.010, às 08:10, durante Operação Anti-Drogas na Rodovia BR 494 KM-99, Oliveira-MG, uma equipe da Polícia Rodoviária Estadual de Oliveira/MG, depararam com o veículo GM/Vectra, cor preta e placas CNC-0375/Campo Belo–MG, sendo que no momento em que os ocupantes perceberam a presença dos militares, ignoraram o sinal de parada vindo a fugir em alta velocidade, tomando sentido à cidade de Oliveira/MG.
(Tijolos de crack que renderiam cerca de 8.000 "pedras" )

De imediato, os PM saíram em rastreamento ao veículo, com acompanhamento visual e perceberam que do interior do veículo em fuga foi arremessada uma sacola em um lote baldio às margens da Rua Francisco Barreto, Bairro Triângulo. Incontinenti os PM vasculharam o local e encontraram o embrulho que continha algumas barras de substância entorpecente, que após a pesagem do produto encontrado, ficou constatado tratar-se de 1,960kg (um quilo, novecentos e sessenta gramas) de crack (em média, 1 kg de crack em pedra bruta, após processado transforma-se em 4.000 pedras de uso).

Ao verificar a presença da PM nas proximidades da localização da droga, os ocupantes de uma motocicleta vieram a fugir, sendo solicitado apoio dos Policiais Militares da 59.ª Cia PM, que iniciaram cerco/bloqueio/interceptação pelas principais vias da cidade, até que durante a ação, os PM da 59.ª Cia PM depararam com a motocicleta CB-300R, placa MST-5459/Vitória-ES, conduzida por “Vítor Tadeu Santos Gulhelmelli”, 24 anos, Autônomo, tendo como garupeiro o autor “Jerônimo Geraldo Ferreira da Silva, 27 anos, Motorista, vulgo “Neném do Papelão”, sendo reconhecido como sendo o proprietário do veículo GM/Vectra que havia fugido a abordagem policial momentos antes e inclusive foi localizada dentro do bolso da calça do autor “Neném Papelão” a chave do veiculo GM/Vectra.

De imediato, foi dada voz de prisão em flagrante aos autores, os quais foram informados de seus direitos constitucionais, sendo também realizada a apreensão da referida motocicleta.

Os PM da 59.ª Cia PM, prosseguiram em um incessante rastreamento até localizarem o veiculo GM/Vectra abandonado no Bairro Triângulo, sendo também apreendido e removido para o pátio credenciado.

("Neném do Papelão" )

É bom ressaltar que a PMMG em Oliveira/MG, tem recebido diversas denúncias de que o autor “Neném Papelão” estaria traficando grandes quantidades de drogas, que eram comercializadas para outras cidades da região e que, para tal, usava o referido veículo para o crime. Outro detalhe importante é que o “Neném Papelão” já tem “passagens” por tráfico e inclusive estava com livramento condicional.


(Vítor, que conduzia a CB 300 R)

Por ocasião da abordagem e prisão dos autores, foram encontrados com eles três aparelhos celulares, sendo que durante o atendimento da ocorrência, os aparelhos tocavam incessantemente, até que uma ligação foi atendida por um Policial Militar e a interlocutora se identificou como “Camila de Carmópolis” e queria saber se o “Vítor” iria entregar as “pedras” para ela em Carmópolis de Minas/MG. Passou mais alguns instantes e diversas ligações voltaram a ocorrer, dentre elas a tal “Camila” que queria a todo custo saber em que horário e local as suas “pedras de crack” seriam entregues em Carmópolis/MG.

Frente à situação, foi realizado contato com os Policiais Militares de Carmópolis/MG, os quais também já conheciam a “Camila” por várias denúncias de tráfico de drogas naquele município, bem como, já ter sido presa por tráfico de drogas naquela urbe. (Vide BO 3.421/09)


(Camila)

Assim, os PM de Carmópolis de Minas/MG, abordaram a “Camila Sabrina Aparecida Pinto”, 23 anos, que no momento portava dois aparelhos celulares, que consultados, verificou-se que constavam diversas ligações e mensagens para um celular dos autores presos em Oliveira/MG, configurando assim o seu envolvimento no tráfico de drogas e confirmando as denúncias que havia em seu desfavor e de “Neném Papelão” no tocante a uma rede perniciosa do tráfico de drogas em Oliveira e região.


(GM/Vectra do "Neném Papelão")

Face ao exposto, os três autores (“Neném Papelão”, “Vítor” e “Camila”) foram encaminhados a Autoridade de Polícia Judiciária em Oliveira/MG que ratificou o flagrante; também foram lavrados 05 (cinco) autos de infração de trânsito referentes as infrações detectadas no GM/Vectra.


(Moto C 300 R, conduzida por Vítor)

Um comentário:

Oni Presente disse...

Esse é ótimo exemplo do que vemos cobrando sobre o trabalho da PM. Basta estar presente, onipresente e
crimes são evitados. Custa a PM desempenhar o seu papel de guardiã da lei e da ordem? Meu sonho é ainda ver o trânsito de Oliveira sendo policiado. Não estamos mais aguentando tanto desrespeito às normas de trânsito, menores ao volante, bem como motoristas bebendo ao dirigir. Isso tudo sob a omissão da PM. BASTA QUERER E TER CORAGEM, PODEMOS TER UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E CUMPRIDORA DA LEI.