Páginas

6 de nov de 2009

VANDALISMO, AÇÃO REPUDIADA PELA SOCIEDADE!

O vandalismo é um mal que se propaga nos grandes centros. Se arrasta como um câncer, despertando a atenção das autoridades em geral. Na maioria das vezes promovida por jovens, a depredação de patrimônio público causa prejuízos financeiros enormes, gera poluição visual e contribui para a insegurança. Seja uma placa de trânsito riscada, uma lixeira quebrada, um ponto de ônibus destruído ou um telefone público: o vandalismo possui dezenas de formas.

Os atos de vandalismo, nos telefones públicos parece ser uma das infrações mais comuns, sendo repressivamente impelidos com vigor pois a destruição do aparelho onera custos e quem acaba arcando com os gastos é a própria população. Estuda-se a incorporação de componentes eletrônicos de segurança contra ação de vangalos, contudo, a conscientização ainda é a maior forma de prevenção dos bens públicos.

Conclui-se que em geral, os vândalos são pessoas que não possuem expectativa de vida, sendo limitadas, geralmente representam o maior subgrupo dentro do conjunto dos vândalos. Outros acreditam que a destruição do patrimônio público pode ser vista como uma forma de mostrar revolta. Em casos mais particulares, como os pichadores, é uma forma obtusa de auto-afirmação perante a sociedade.

Mas nada justifica um ato de vandalismo, moralmente reprovado e ilegal.

Seja consciente, saiba viver socialmente, preserve, cuide dos bens públicos, colocados à disposição de todos!

Polícia Militar, nosso negócio é a Paz social!
Assessoria de Comunicação Organizacional/8ºBPM

Nenhum comentário: