Páginas

19 de jan de 2010

OPERAÇÃO ANTI DROGAS EM CAMPO BELO/MG

Em 15/01/2.010, às 18:55, na cidade de Campo Belo/MG, durante Operação Antidrogas, a PMMG de posse de um mandado de busca e apreensão, compareceu a Rua Professor João Moreira, Centro, onde os Policiais Militares chamaram os moradores da residência, os quais não atenderam, sendo necessário que os PM pulassem o muro e arrombassem a porta da residência.

Neste intervalo de tempo, os PM ouviram vários barulhos de descarga no banheiro da residência. Já no interior da casa, foram abordados o autor “José Ronaldo da Silva”, 33 anos, vulgo “Alemão” e o adolescente infrator “M.R.M.”, 17 anos.

Foi realizada busca pessoal, sendo encontrado com o adolescente infrator, um aparelho celular e com o autor “José”, dois aparelhos celulares.

Prosseguindo nas buscas, no interior da residência, acompanhados pelas testemunhas, foram encontrados os seguintes objetos: um caderno com anotações; um conector para Internet; uma cápsula de munição calibre .32; uma faca de cozinha; dois papelotes de cocaína; diversos saquinhos de chup chup; um CRLV de motocicleta; um rolo de fita adesiva; um carregador de celular; uma balança de precisão e R$ 1,30 ( Um real e trinta centavos ).

O autor foi preso em flagrante e o adolescente infrator foi apreendido, e juntamente com o material arrecadado, foram encaminhados à Delegacia de Polícia, onde o Delegado de plantão, ratificou o flagrante do autor.

Na mesma data, às 19:00, na cidade de Campo Belo/MG, durante Operação de combate ao tráfico, de posse de um mandado de busca e apreensão, a PMMG compareceu à Rua Lourenço Castanho, Bairro Cruzeirinho, onde os suspeitos “Cleber Gomes de Aguiar”, 34 anos e “Farlei Marcel Costa”, 19 anos, estavam sentados do lado externo da residência e ao avistarem as viaturas entraram correndo na casa, trancando o portão e a porta de entrada.

Os suspeitos foram abordados no interior da residência e foram submetidos a busca pessoal, sendo encontrado no bolso do “Cléber” a quantia de R$4,00 (Quatro reais) e com o autor “Farlei” a quantia de R$2,00 (Dois reais).

Ao iniciar as revistas perante as testemunhas, foi encontrado sobre um armário na cozinha a quantia de R$156,10 (Cento e cinqüenta e seis reais e dez centavos). Ainda sobre o armário foram localizados quatro invólucros plásticos contendo três pedras de crack prontas para o comércio e cinco pedras de crack para serem desmembradas. Ante ao exposto, foi dada voz de prisão aos dois autores.

Dando continuidade as buscas no interior da residência, foi localizado ainda um aparelho de TV 14”, um Playstation com console, um aparelho de DVD, um micro system e vários saquinhos de chup chup, sendo todo material arrecadado. Os presos juntamente com os materiais apreendidos, foram encaminhados até à Delegacia de Polícia, onde o Delegado de plantão, ratificou o flagrante dos dois autores.

Ainda em Campo Belo/MG, na mesma data, às 19:10, ainda em Campo Belo/MG, de posse de um mandado de busca e apreensão, a PMMG compareceu à Rua Jéferson Tagliaferri, Bairro Feira, no estabelecimento denominado “Bar Bolão”, onde os autores “Edílson Custódio Marcelino”, 40 anos, vulgo “Bolão” proprietário do referido bar e seu filho “Alan Jesus Bastos Marciano”, 19 anos, foram encontrados dentro do bar, atrás do balcão, onde foi feita a abordagem e busca pessoal nos mesmos não sendo encontrado nada.

Em prosseguimento às buscas, na presença das testemunhas, foi encontrado dentro de uma caixa de papelão, que estava debaixo do balcão, seis cápsulas tipo “foguetinho” vazias e nove saquinhos plásticos, sendo que os dois estavam com resquícios de “cocaína”, cinqüenta saquinhos de chup chup vazios, escondidos debaixo de um tonel de pinga.

Debaixo do balcão, foram encontrados cinco cápsulas “foguetinho”, contendo uma substância aparentando ser “cocaína” e a quantia de R$70,20 (Setenta reais e vinte centavos), uma cédula de um dólar.

Na cozinha dentro do fogão, foram encontrados mais quarenta e três (43) cápsulas “foguetinho”, contendo substância semelhante a “cocaína”. Ainda foram arrecadadas duas bicicletas, uma agenda com diversas anotações, um aparelho celular com chip, um aparelho celular sem chip.

Foi dada voz de prisão aos dois autores e juntamente com todo o material arrecadado, que foram encaminhados à Delegacia. O Delegado de plantão ratificou o flagrante dos dois autores.

Um comentário:

Anônimo disse...

acho que somente com posto de policia 24 horas nos principais bairros de trafico seria possivel diminuir a doença do crak em campo belo. nossa cidade precisa de um urgente combate contra essa maldita droga. que esta consumindo nossos jovens. sos campo belo sos juventude. sos pais .