Páginas

11 de jan de 2010

PMMG PRENDE AUTOR DE ROUBO CONTRA IDOSA EM OLIVEIRA/MG

Em 11/01/2.010, às 11:20, na cidade de Oliveira/MG, a PMMG compareceu na Rua Antônio Salgado Ribeiro, centro, atendendo a solicitação da vítima “M. P. T.” 69 anos, a qual alegou que nesta data por volta de 11:45, saiu da Caixa Econômica Federal, deslocando para sua residência; que ao passar pela Rua Antônio Salgado Ribeiro, foi abordada por um indivíduo branco, estatura mediana, cabelos curtos, calvo, trajando bermuda azul e camisa de cor clara, roubando-lhe uma bolsa de couro marrom, que continha em seu interior uma carteira de couro com aproximadamente R$300,00 em dinheiro.

Após o roubo, o larápio fugiu tomando rumo ignorado, deixando a vítima caída no solo com escoriações nos joelhos.
Integrantes da PMMG iniciaram intenso rastreamento com intenção de localizar o cidadão infrator; os Policiais Militares em contato com algumas pessoas que passavam pelo local no horário do roubo, disseram aos militares que um indivíduo negro, apoiava o autor do roubo, sendo que após o crime, ambos correram até à garagem da “Contabilidade Agreste”, onde jogaram a bolsa e carteira da vítima, porém o dinheiro não foi encontrado.

Segundo informações, o acusado do roubo, conhecido pelo apelido de “Leco ou Neco” trabalhava de ronda na garagem da Prefeitura no período noturno.

A par destas novas informações, os Policiais Militares de serviço prosseguiram no rastreamento ao acusado, até que por volta das 19:10 do dia 11/01/2.010, os PM localizaram o acusado “Carlos Roberto dos Santos”, (vulgo “Neco”), 34 anos, vigia, em companhia de outro indivíduo na Avenida São Cristóvão, Centro.

O acusado foi abordado e conduzido no interior da viatura para reconhecimento por duas testemunhas idôneas que foram unânimes em afirmar e reconhece-lo como o autor do roubo contra a idosa de 69 anos.

Outros Policiais Militares levaram a fotografia digital do autor até a residência da vítima que também o reconheceu como seu algoz.

Diante das circunstâncias, o autor foi preso em flagrante delito pelos Policiais Militares que o conduziram até a Delegacia de Polícia de Oliveira para as providências legais pertinentes, porém o Agente de Polícia de Plantão somente recebeu o Boletim de Ocorrência e liberou o autor para comparecer na Delegacia no dia seguinte às 10:00, sem ratificar o flagrante.

Nenhum comentário: